A volta do LOONA em outubro: especulações e expectativas (parte 1)

Este provavelmente é um texto bastante incomum para este blog, mas é um que eu tinha vontade de fazer já faz um bom tempo: uma análise das “teorias da conspiração” envolvendo o grupo LOONA, e o momento não poderia ser mais apropriado: elas estão prestes a fazer um comeback, também conhecido como “lançar um novo trabalho”, em outubro. Sendo assim, como todo comeback delas, ele traz consigo uma série de mistérios; dentro do “loonaverso” e fora dele também. Vamos aqui discutir alguns desses mistérios.

De volta ao loonaverso

Acho que falo por boa parte dos leitores aqui quando digo que um dos grandes apelos do LOONA foi a criação do loonaverso: um universo fictício em que cada integrante interpreta sua própria personagem, umas em busca das outras.

Historinhas de fundo não são incomuns no K-Pop, mas o loonaverso chama atenção pela grandiosidade. Sua construção envolve desde conceitos científicos de física quântica e ciências, como a teoria das cordas e a fita de Möbius, até referências bíblicas, elementos de contos de fadas e mitologias antigas, além de elementos da cultura pop.

A trama do loonaverso parecia ter sido concluída no videoclipe oficial de estreia do grupo completo, Hi High, em que as doze garotas finalmente se encontram, todas juntas pela primeira vez. Butterfly, o videoclipe seguinte, trazia elementos da história, mas parecendo mais como um epílogo, com o grupo levando sua saga de amor, amizade e autoaceitação para todas as garotas (“loonas”) espalhadas pelo mundo. Em seguida, a mente criativa por trás dessas histórias, Jaden Jeong, saiu da agência BBC e tudo indicava que o loonaverso seria deixado de lado e o foco seria colocado exclusivamente nas habilidades de canto e dança do LOONA, como já vimos acontecer em grupos como EXO e AOA.

Mas no começo do ano tivemos o lançamento de So What, e novamente a história se fez presente, culminando no incêndio no Lado Escuro da Lua provocado por Olivia Hye e as penas remetendo a HaSeul (que esteve ausente no vídeo em questão) queimando… e se regenerando. Então, a julgar pelo teaser intitulado “12:00” (possível nome do próximo EP do grupo), o loonaverso ainda pode guardar mais surpresas.

1/3 em foco?

Um aspecto curioso no teaser é que ele mostra os horários em 12 cidades diferentes. Até aí, pode parecer uma forma de indicar que horas são em partes variadas do mundo quando chega à meia-noite em Seul, na Coreia do Sul. Porém, curiosamente cinco dessas cidades remetem à primeira fase do projeto de pré-debut do LOONA: Paris (onde foi gravado o videoclipe solo de HeeJin), Tóquio (para o de HyunJin), Reykjavik (perto da qual foi gravado o clipe solo de HaSeul), Taipei (para o de YeoJin) e Hong Kong (onde foi gravado o segundo dos dois clipes de ViVi, que tem um ponto importante que já abordaremos aqui).

Seria isso um sinal de que as histórias, envolvendo o primeiro subgrupo, o LOONA 1/3, serão retomadas e/ou desenvolvidas? Quem acompanhou o projeto de pré-debut deve lembrar que a BBC só começou a apontar a existência de um universo por trás de seus lançamentos com a chegada de Kim Lip, primeira integrante da subunidade LOONA/ODD EYE CIRCLE. Elementos dos vídeos e das descrições dadas pela própria BBC indicavam o trio em questão como alienígenas, mutantes ou super-heroínas cujas origens se encontram no Lado Escuro da Lua (sim, aquele mesmo onde a Olivia Hye tacou fogo). Da mesma forma, as quatro integrantes finais que compõem a subunidade LOONA/yyxy são representadas como ex-habitantes do Éden, que comeram do fruto proibido para escapar de um paraíso não tão paradisíaco assim, quase como anjos caídos.

Em comparação a essas subunidades, o quarteto do LOONA 1/3 (e também YeoJin, que pertence ao mesmo mundo delas) sempre pareceu subdesenvolvido. Sabemos que elas são colegiais normais na Terra que um dia conhecem uma nova aluna que é uma ciborgue – a BBC se refere a ela como androide, mas creio que a descrição está errada e posso explicar nos comentários, se quiserem… e é isso. O que é uma surpresa considerando que os videoclipes individuais dessas cinco garotas envolveram viagens para outros países e produções impecáveis; sim, poderíamos considerar que as histórias desses clipes são puramente metafóricas, que HeeJin só está sonhando com uma vida luxuosa em Paris e que o confronto entre HaSeul e seu lado masculino num deserto de gelo é um retrato de um conflito interno. Porém…

Não só os vídeos delas foram filmados em outros países, como a BBC e Jaden Jeong sempre enfatizaram que eles foram filmados em outros países. Qual seria o motivo para isso? Era só uma forma de ostentar as produções, ou seria um sinal de que esses países têm alguma ligação com o loonaversoe com as personagens das cinco integrantes em questão?

Talvez tenhamos alguma resposta (por mais ínfima e mais escondida que seja) nesse comeback. Ou talvez não, já que uma das garotas em questão, HaSeul, infelizmente não estará presente novamente. Mas quem sabe…

*Nota – o ponto importante de Hong Kong: ainda há apenas especulações sobre como ViVi teria se tornado uma ciborgue, porém, sabe-se pela descrição de “Sonatine” que, nessa cidade, ela teria encontrado e libertado JinSoul, que estava presa em um porão. Isso quando ainda era humana. Por isso JinSoul é apontada como uma figura misteriosa no loonaverso, que troca segredos com Olivia Hye nos vídeos Sweet Crazy Love e Egoist.

Nova camada do loonaverso?

Outro ponto curioso do teaser se encontra na abertura dele. Quem acompanha o LOONA sabe que praticamente todos os vídeos do grupo têm uma animação introdutória em que o nome dele se forma a partir de símbolos, terminando com uma lua desaparecendo.

O que talvez nem todos se lembrem é que essa animação é diferente dependendo da “fase” representada no vídeo em questão. Nos clipes relacionados às integrantes do LOONA 1/3, a lua desaparece da esquerda para a direita. Nos ligados ao ODD EYE CIRCLE, essa mesma animação é feita com um fundo preto. Por fim, nos da fase yyxy, a animação é invertida, com a lua desaparecendo da direita para a esquerda.

Essas mesmas tendências se repetiram nos três videoclipes oficiais do grupo completo: “Hi High” tem a lua desaparecendo da esquerda para a direita, como no 1/3 (e com a música tendo a sonoridade inocente dessa subunidade); a animação introdutória em “Butterfly” acontece da direita para a esquerda, e nele elas dançam em um cenário paradisíaco ao som de uma música tranquila, como possivelmente seria o Éden das yyxy. Em “So What”, temos a lua se escondendo da esquerda para a direita com um fundo preto, e nele vemos as LOONA cheias de atitude – como o ODD EYE CIRCLE – e Olivia Hye botando fogo no que possivelmente seria o Lado Escuro da Lua.

Agora vejam a animação de abertura do teaser de “12:00”: uma lua se escondendo da direita para a esquerda com um fundo preto. Ou seja, não é a animação relacionada ao Lado Escuro da Lua, nem ao Éden, muito menos à Terra.

Onde o LOONA estará desta vez? Será que a fita de Möbius esconde mais camadas do que as que já conhecíamos?

Agora, o mais importante:

SERÁ QUE TUDO ISSO IMPORTA?

Uma piada constantemente feita em relação aos Orbits é que eles frequentemente veem “revelações” onde não tem nada. Sim, a BBC soube criar uma trama complexa recheada de easter eggs escondidos nos cantos mais improváveis, mas é bem provável que muitas das teorias de fãs em relação ao loonaverso sejam bem mais complicadas do que os criadores dele pretendiam, e que muitas cenas que indicariam surpresas na verdade seriam apenas cenas sem importância, mesmo.

As teorias parecem ter esfriado de uns tempos pra cá (os hiatos enormes entre um comeback e outro também não ajudam), mas é fácil localizá-las pelos fóruns na Internet. Algumas delas:

  • Chuu morreu no Éden no final de Heart Attack e renasceu na Terra;
  • Olivia Hye matou ViVi como vingança por ter sido abandonada por Yves (ViVi e Yves são mostradas juntas em new), e JinSoul recriou ela como uma androide/ciborgue até que ela pudesse voltar a ser humana (o que acontece no final de Love&Live);
  • Yves (a personagem, não a idol que dá vida à personagem) seria uma mulher trans que conheceu ViVi antes da sua transição (o que explicaria que a lembrança da ViVi de ter patinado com um rapaz);
  • A Choerry em Love Cherry Motion nas cenas antes de comer a primeira cereja não é a Choerry, e sim a HyunJin, que é sua contraparte em uma realidade paralela (e o ato de comer a cereja foi o que despertou a consciência da verdadeira Choerry no Lado Escuro da Lua);
  • HeeJin é a deusa do loonaverso, que trouxe as cores ao mundo num desejo de torná-lo mais interessante e de encontrar novas amigas nele.

Melhor parar por aqui, certo? Enfim, com tantas mentes criativas (e insanas) dentro e fora do loonaverso, fica quase impossível dizer o que é concreto e o que é só especulação. Mesmo os pontos que eu abordei sobre o teaser de “12:00” podem muito bem não ter significado algum.

É sempre divertido acompanhar o desenvolvimento dessa grande narrativa e tentar adivinhar o que vem pela frente, mas, no fim, o importante é que o EP, o single e o videoclipe sejam bons e nos agradem. Isso é algo que pretendo discutir na parte 2, em breve.

Obrigado pela atenção, desculpem pelo texto gigantesco, e stan LOONA!


Por Fernando Saker, colaborador do Whatever Music Basement.

9 comentários em “A volta do LOONA em outubro: especulações e expectativas (parte 1)

  1. Ai explica o porquê de androide/ciborgue que fiquei curioso xD

    Gente, realmente era divertido teorizar sobre o LOONA, seu texto me animou aqui até pra dar uma olhada na fic que tinha escrito na época de pré-debut kk As teorias sobre o aprofundamento do 1/3 seriam bem vindas, ainda mais considerando que é uma parte da história bem pouco explorada mesmo (na minha fic eu fui preenchendo esses buracos da forma mais criativa que pensavam kkk), seria interessante tentarem manter um mínimo possível de teoria pra não perder esse gimmick ótimo do grupo

    *nota: eu morri de rir com as teorias insanas que você enlencou mas adorei elas xD Todas podem fazem sentido e nenhuma nega a outra, então tipo, pode ser tudo isso que tá “acontecendo” mesmo kk

    Ansioso pela parte dois 💖

  2. Pelo que eu sei, um ciborgue é um humano com partes cibernéticas no corpo, enquanto um androide é um robô feito para parecer um humano. Considerando que a trama do loonaverso coloca que a personagem da ViVi era humana no começo, faz mais sentido que ela tenha se tornado uma ciborgue (ganhando partes cibernéticas no corpo dela) do que uma androide (que significaria que ela seria 100% artificial).

    E sim, as teorias do loonaverso eram muito divertidas de acompanhar! Uma pena que o próprio Jaden Jeong só parece ter tido essa ideia depois que os primeiros MVs já tinham sido lançados; ele até tentou “costurar” as ligações no 1/3 retroativamente, mas a fase da primeira unit continua parecendo “descolada” do resto do loonaverso (compare com a fase OEC, por exemplo, onde o MV de Sweet Crazy Love mostra o ponto de partida para OS TRÊS MVs solo dessa unit; ou a fase yyxy, com love4eva recontando os MVs da Yves, Chuu e Go Won sob outra perspectiva e funcionando como prelúdio pro MV da Olivia Hye). O que é uma surpresa quando a gente considera que a HeeJin tem sido o centro das atenções do LOONA desde que as OT12 se reuniram pela primeira vez.

    Com sorte, talvez o próximo MV explore um pouco mais o background das cinco primeiras garotas loonáticas.

  3. Nossa que saudade de ficar teorizando sobre Loona kkk, não vou mentir que desde a era Butterfly eu esfriei um pouco com as teorias e só curti as músicas mesmo que lançaram
    E o comeback vai sair de So What pra “Rodeo: Alô galeras de cowboi” concept, então fica até difícil pensar teorias sobre kkk

    1. A gente ainda não sabe; em algumas fotos parece que será um rodeio concept, em outras parece mais um hippie concept… e vale lembrar que o primeiro teaser mostra elas de vestidos de gala (…princesas Disney concept?).

      Mas seria legal um rodeio concept, com a Chuu tomando um tombaço no touro mecânico, Kim Lip dançando arrocha com algum peão de calça colada, HyunJin se empanturrando com espetinhos e a ViVi trocando o “Hey!” por um “Yee-haw!” como sua única participação em toda a música…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s